quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Dilma Presidente. E Lula ...?

A partir do dia primeiro de janeiro, Luís Inácio "Lula" da Silva deverá deixar o cargo de presidente da república. O governo de transição está sendo montado e Dilma se prepara para assumir a presidência.

Aparentemente, caminhamos para a democrática e natural troca de poder. Entretanto, o presidente parece estar se firmando ainda mais na posição de liderança do país. Há especulações sobre o retorno do Lula como parte da equipe de Dilma ou de sua disposição em conquistar um posto de destaque na ONU.

Apesar da alta popularidade do emblemático presidente, Lula tem se aventurado em iniciativas inovadoras, não antes vistas em nenhum dos seus oito anos de governo. Dentre as quais, destaca-se a entrevista concedida exclusivamente a blogueiros e transmitida via twitcam.

Apostando nas novas tecnologias e no seu apelo fortemente constatado durante as eleições, Lula - que pouco se deixou entrevistar em coletivas durante seu mandato - está ao vivo no link http://twitcam.livestream.com/2scs4 . Promovida pelo Blog do Planalto, a entrevista também está movimentando comentários no twitter através da hashtag #lulablogs.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

COBERTURA ELEIÇÕES 2010 - Manchetes dos principais Jornais

São Paulo, 01 de novembro de 2010.
56,05% dos brasileiros escolheram Dilma Rousseff, nossa próxima presidente da república.
Confira os destaques dos principais jornais dessa segunda-feira:


O Estado de São Paulo
" A vitória de Lula" - Dilma Rousseff, a primeira mulher presidente do Brasil, promete governar 'para todos'
-> Mesmo sem ir à festa, Lula foi a presença mais forte - Dora Kramer
-> A questão básica: quem vai mandar, Dilma ou Lula? - Leôncio M. Rodrigues
-> Desafio é consolidar imagem positiva do País - Riordan Roett
-> Mulher eleita, mas lógica patriarcal permanece - Joel Birman

















Folha de São Paulo
"Dilma é a Eleita" - Primeira mulher a ocupar o cargo, petista teve 56% dos votos e será o 40° presidente.
-> Futura Presidência é fonte de mais dúvidas do que expectativas - Fernando de Barros e Silva
-> Lider do PMDB, Temer será o vice mais forte que os anteriores - Eliane Cantanhêde
-> Nível de acirramento torna difícil reflexão isenta sobre a era Lula - Vladimir Safatle

E você, eleitor? O que achou das eleições 2010? Deixe seu comentário!

COBERTURA ELEIÇÕES 2010 - Flagra!

Eleitores na Zona Eleitoral do Mackenzie

Propaganda eleitoral irregular poluí as ruas nos arredores da maior zona eleitoral da cidade de São Paulo, a Universidade Presbiteriana Mackenzie. A equipe do blog VOTO DE CABEÇA acompanhou a movimentação dos eleitores no último domingo, dia 31 de outubro, e flagrou adesivos da campanha petista espalhados no trajeto entre o metrô Santa Cecília e a Rua Itambé, onde a votação é realizada.


Adesivo da campanha DILMA 13 na Rua Dona Veridiana
Além de degradar bens públicos, a propaganda invadiu áreas de propriedade privada: alguns folhetos da candidata Dilma Roussef foram lançados em um dos portões da Universidade Mackenzie.


Propaganda atirada para o interior do Mackenzie


sábado, 30 de outubro de 2010

Olhar crítico

O primeiro turno trouxe grandes surpresas no resultado das eleições se comparado com os números divulgados pelos institutos de pesquisa.
Preparando-se para a definição das Eleições 2010, o blog VOTO DE CABEÇA divulga a mais recente apuração do Datafolha (30-10-2010):











DILMA 55%
SERRA 45%

http://datafolha.folha.uol.com.br/po/ver_po.php?session=1118

Você, eleitor, continua confiando nas estimativas das pesquisas? Deixe seu comentário!

De olho em 2014

Adolescentes que terão sua estréia nas urnas apenas durante a próxima eleição já demonstram interesse pela discussão política. A unanimidade de opinião entre os jovens relaciona-se diretamente à pressão dos amigos, variável determinante nessa fase da vida.

 Apesar de muito influenciados pela argumentação  dos pais, a maioria acompanha as propagandas eleitorais por conta própria, reproduzindo jingles e slogans das campanhas. Perguntados sobre as expectativas do grupo sobre a votação de 2014, na qual eles já serão eleitores, os adolescentes disseram acreditar no exercício da democracia através do voto.

"Voto é coisa séria" comenta Hendrik.

Acompanhe o bate-papo descontraído com os adolescentes Tiago, Victor Augusto, Victor Braga, Pedro Henrique, Eduardo, Hendrik, Alan e Bruno.
video

terça-feira, 26 de outubro de 2010

JORNALISTA DENUNCIA CENSURA AO VIVO

E o http://soueleitor.blogspot.com/ continua à procura de links interessantes do mundo da política. Na última quarta-feira, o jornalista e apresentador do "Jornal Brasil Central" da emissora goiana Tv Brasil Central (TBC) pediu demissão e denunciou ao vivo durante seu programa que estava sendo vítima de censura. O vídeo foi um dos assuntos mais comentados da semana nos sites de relacionamentos, inclusive apareceu em quarto lugar nos Trendings Topics Brasil. Destaque para a frase do ano até aqui: "Garanta seu emprego que eu garanto minha dignidade".

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

VOTO em CENA: Tropa de Elite 2


A equipe do VOTO DE CABEÇA esteve no CINE BELAS ARTES (região da Avenida Paulista) conferindo o polêmico Tropa de Elite 2. Ouça os comentários da RádioVoto!!

                                                            RÁDIO VOTO PARTE 1
video

RÁDIO VOTO PARTE 2
video


domingo, 3 de outubro de 2010

RETWEET

E o http://www.soueleitor.blogspot.com/ continua acompanhando os melhores Tweets sobre as Eleições 2010!

@: Em 2002 Enéas foio mais votado. Morreu. Em 2006 Clodovil foi o mais votado. Morreu. // Tiririca?
(adaptado - linguagem imprópria)

@ Marcelo Moutinho
E dilimistas continuam atacando Marina. Não fazem a devida autocrítica. É muita arrogância. E burrice política.



@ Nelson Cezar 
@ sabe o Sergio Moraes, que disse que se lixava para a opinião pública? Se elegeu. Vergonha, vergonha do RS!

@ MussumAlive by gabrielslima
Quem deveria justificar o Voto são as pessoas que votaram no Tiriricazis!

VOTO DE PROTESTO

A eleição do candidato Tiririca já é, por si só, surpreendente. Porém ultrapassar a marca de 1 milhão de voto garantiu ainda mais visibilidade ao futuro deputado federal. A eleição de candidatos exóticos soa para muitos como um voto de protesto.

Porém, tal mobilização gera resultados trágicos para a política brasileira. O imenso volume de votos destinados a Tiririca representa força eleitoral para seu partido, PR, bem como seus aliados. Além disso, em cargos como o de deputado federal, o governante tem o direito de montar sua equipe de apoio como queira. A partir daí, nomes envolvidos com casos de corrupção, por exemplo, podem retornar à administração pública pela porta dos fundos.

A discussão sobre as consequências da eleição dos chamados "candidatos exóticos" foi um dos temas levantados pelo jornalista Ricardo Boechat durante a apuração dos votos em todo o Brasil. A reportagem da Bandeirantes mostrou quão promissor tem sido para os partidos investir em candidatos populares e carismáticos, ainda que sem nenhuma virtude no âmbito da política. Essas figuras ganham destaque na programação do horário eleitoral bem como uma campanha com estratégias de marketing mais incisivas.

Voto de Protesto não é votar de brincadeira!
No segundo turno, não esqueça, VOTO DE CABEÇA!

TWITTER NAS ELEIÇÕES

Confira mais algumas twittadas eleitorais:
Divulgação: liberdadedigital.com.br


@ Tatiana Vasconcellos
tiririca, por enquanto, é o deputado federal mais votado em são paulo, com mais que o dobro de votos do segundo colocado, gabriel chalita.
 
@ Luiz Megale
Será que Netinho será vítima do voto (muito, neste caso) útil?
 
@ Rádio BandNews FM
Senado de São Paulo, com 15,38% das urnas apuradas: Aloyzio Nunes tem 32,94% e Marta Suolicy, 20,62%. Netinho de Paula tem 19,12%

PRIMEIROS NÚMEROS DA CORRIDA PRESIDENCIAL

Divulgação: EXAME
TRE divulga a primeira proporção de votos válidos:

Dilma --- 41%
Serra ---- 37%
Marina -- 19%
Outros candidatos, nulos e brancos - 3%

(Apuração de 11% do total de Urnas)

Informação para o Eleitor

O eleitor que quiser acompanhar o resultado das eleições pode contar com a grande mobilização dos veículos de comunicação para se informar.

Na televisão, a RedeTV apresenta os principais números apurados pela pesquisa boca de urna, a Bandeirantes traz diversos comentaristas para discutir os primeiros resultados, a Gazeta transmite o programa HORA DO VOTO e a Rede Globo apresenta algumas inserções ao longo do Domingão do Faustão.

Via internet, além das redes sociais, o eleitor conta com sites como do Estadão, Uol e Folha.

Está acompanhando os resultados da votação? Comente abaixo!

COBERTURA DAS ELEIÇÕES 2010

41 minutos após o encerramento das eleições em todo o território nacional, a repercussão virtual do acontecimento já atinge proporções mundiais.
Ao longo do dia três de outubro, #marina43 apareceu nos Trending Topics (TT) do Twitter em nível mundial. No site, a mídia e os eleitores informaram e comentaram as expectativas e resultados parciais da votação.

Enquanto aguardamos a definição do possível segundo turno para eleições presidenciais, confira algumas twittadas eleitorais:

@ Rádio BandNews FM
Bóris Casoy e Antônio Lavareda: apoio de Lula foi essencial para crescimento de Aloizio Mercadante na reta final do governo de SP
 
@ Blog do Noblat
A notícia + surpreendente dessa primeira rodada da pesquisa boca de urna do Ibope: a eleição de Aloysio Nunes (PSDB) para senador em SP.
 
@ Tatiana Vasconcellos (âncora da bandnews fm)
adorava cobrir candidato. mas a essa hora é chata. ele já votou e espera a apuração quentinho em casa. e vc no frio sem ter o q dizer no ar
 
@ Mona Dorf (jornalista)
Acordei com um SMS de um candidato. E o cara ainda acha que terá meu voto. Tem coisa mais chata?
 
@ Rádio BandNews FM
Bóris Casoy: Marina Silva é um novo fenômeno político brasileiro e vai incomodar muita gente na próxima eleição presidencial

sábado, 25 de setembro de 2010

TECNOLOGIA: PROGRESSO OU PROTESTO

Tecnologias chamam atenção

O dinamismo e a interatividade das novas tecnologias se associam à expressão de opiniões de um indivíduo ou seu grupo, o que pode chamar a atenção de políticos e marqueteiros. Mais do que ferramenta eleitoreira, o mundo digital abre margem ao aprofundamento das bases democráticas de um país, dando voz e vez aos cidadãos.

Ipad Gigante operado pela jornalista Amanda Chaves
O blog VOTO DE CABEÇA esteve na 1ª Mostra 3M de Arte Digital, no Centro Histórico Mackenzie, e conferiu as inovações apresentadas além do âmbito funcional, mas com um viés cultural. Muito além de simples obras de arte, a Mostra expõe ideias.

Um Ipad gigante nos mostra diversas abas, nas quais se veem as biografias dos artistas e suas respectivas obras, que podem ser transmitidas para outras pessoas através do próprio e-mail.

Jornalista Breno Coimbra deixa sua marca
Os visitantes da 1ª Mostra 3M de Arte Digital podem deixar seu recado numa mesa iluminada onde há algumas canetas a disposição. Uma câmera instalada no teto do prédio capta diversas fotos por segundo e reproduz na parede tudo aquilo que ela captou desde o início da exposição. Dessa forma, temos a projeção do conteúdo armazenado semanas após a abertura da Mostra.




Ambas as novidades podem ser muito bem exploradas numa próxima eleição, enfatizando a imagem e as propostas de determinados canditatos. Como percebemos durante a Exposição de Arte Digital, a tecnologia fascina e cativa a atenção do público, o que valoriza o político e atrai eleitores jovens.

Porém, o universo digital associado à arte confirma a faceta cidadã e democrática que essas idéias inovadoras apresentam. Podemos pensar em tecnologia como expressão da opinião da população.
O dinamismo da internet poderia agilizar e facilitar não só a comunicação daquilo que precisa ser aprimorado no país, mas a própria execução dessas tarefas.
A interatividade das redes sociais pode ser estendida a rotina pública, dando ao cidadão abertura para fiscalizar a conduta de seus elegidos bem como participar ativamente do exercício político.

Tecnologia pode diminuir a distância entre a prefeitura do município e seus bairros, numa proximidade que permite detectar pontualmente os deficits de uma região e planejar ações efetivas.
VOTO DE CABEÇA deixou seu recado na 1ª Mostra 3M de Arte Digital

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

ELEITOR CULTURAL

video
Acompanhamos uma entrevista coletiva com atrizes e jogadores de futebol, como você confere na reportagem exclusiva de Manuela Malachias.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

O que você vê da sua janela?

É bastante desafiador ser jovem e eleitor no nosso país. Constantemente somos bombardeados por aquilo que quer se chamar de informação útil ao cidadão prestes a votar. Ironicamente, nem sempre essa "informação" tem, de fato, conteúdo. Entretanto, o acesso à propaganda de um nome ou um número é um direito vorazmente assegurado pelos nossos governantes, e temos a garantia de que nos mandatos vindouros, também irão proteger o nosso privilégio de (re)conhecer muitíssimos de seus amigos candidatos.

De longe, a superficialidade do marketing eleitoral não é o único nem o principal fator que nos distancia de uma escolha plenamente consciente e aprofundada. Talvez não nos tenha sido apresentada uma proposta inteligente e factível. Porém, o que nós, brasileiros, queremos para o nosso país? Que mudanças esperamos? O que de mais básico nossa pátria tem deixado de nos oferecer?

Sem dúvida, a rotina nos impulsiona a prosseguir e conviver com inumeráveis desafios, afinal, não nos resta outra alternativa. Mesmo que o incômodo tenha se tornado crônico e que estejamos acostumados com essas carências cotidianas, eleger novos administradores para o país deveria significar atuação pontual e concreta em direção aos déficits do país.

Como um ponto de partida para a análise do espaço no qual estamos inseridos, sugiro que olhemos através de nossas janelas.
  Da minha janela...

...sei que, com essa chuva, o final da rua vai alagar;

... sei que, se for tempestade, não haverá transporte público suficiente, a espera será ainda maior, seja no metrô ou no terminal de ônibus.

... sei que os muitos moradores de rua dessa região não vão ter onde se abrigar e que não há quem possa lhes acolher.


... sei que a paisagem poderia ser mais bonita sem tantos postes e fios de eletricidade tão expostos.

... sei que a poluição do ar e a chuva desgastam e corroem casas e  muros.

... sei que cabe a nós investir na nossa própria segurança, assim como tem se tornado indispensável assumir os custos das  necessidades mais básicas, como assistência médica e acesso à educação.

... sei que poderia ver uma paisagem diferente, algo mais bonito. Queria ver a natureza, flores, passarinhos.

Você já sabe quais são suas expectativas para com os próximos quatro anos?
Por que não descobrir olhando através da janela?

sábado, 4 de setembro de 2010

Desde sempre, eleitores

Em ano de votação, crianças vivenciam experiência eleitoral dentro da sala de aula e conhecem o processo de seleção dos futuros líderes da nação.

 Partido político? Experiência no cargo administrativo? Soluções e propostas frente aos desafios da sociedade? Propaganda cativante? Imagem forte? Caráter virtuoso?
O que esperamos daqueles que nos representam no cenário político?

Tratam-se de questões de cunho particular, critérios construídos segundo o juízo de valores de cada indivíduo. Um primeiro passo seria entender a dimensão da política como ferramenta social e compreender-se como parte dessa dinâmica, pelo menos em tese. Só a partir desses pressupostos temos homens e mulheres conscientes de sua cidadania e aptos a se identificarem (ou não) com seu papel eleitor.

A escola é um ambiente muito importante para a formação de cidadãos e, por extensão, eleitores. Acreditando nisso, a coordenadora pedagógica Bianca Meira tem desenvolvido em sua escola o Projeto Eleições. A iniciativa, bem recebida por pais e alunos, pretende simular o processo eleitoral com as crianças além de fomentar o voto responsável, crítico e consciente.

Bianca conversou com o blog VOTO DE CABEÇA:

Como vai funcionar o projeto ELEIÇÕES?
Cada faixa etária terá um tipo de abordagem. Algumas classes vão eleger representantes de classe, com direito a campanha dos candidatos, propostas, propaganda. Mas vamos cobrar dos alunos propostas coerentes, possíveis de serem realizadas em seus "mandatos", até o final do ano.


Na sala dos mais velhos, será necessário uma pesquisa sobre cada cargo que estará concorrendo na eleição de 2010. Vamos trabalhar com todos os alunos, a partir do segundo ano, os cargos e responsabilidades do governador e presidente da república.

Haverá uma simulação de eleição com os atuais candidatos que concorrem à presidência?
 Antes de tudo, as professoras sondarão, em sala de aula, quais os conhecimentos que os alunos já possuem sobre o tema das eleições e o que eles pensam sobre isso. Esclarecendo pontos principais sobre a administração do país, sobre o processo eleitoral, aí sim, os alunos vão simular a eleição.

 Teremos paralelamente o trabalho de pesquisa do voto entre familiares e amigos. O enfoque será não só no candidato escolhido, mas no critério de escolha. Queremos tratar esse tema explicando que as pesquisas são relativas, identificar que nem sempre a vontade de um pequeno grupo é a vontade da maioria, etc.
Do ponto de vista pedagógica, qual a importância de desenvolver um projeto desse tipo entre as crianças?

É necessário fazê-las entender o seu papel na sociedade. Marca a vida das crianças, muitos influenciam os pais, cobram um voto consciente. Podem, inclusive, passar esclarecimento para os pais que, eventualmente, não tenham tido acesso a esse esclarecimento.

É muito cedo para tratar desse assunto?

Vamos traduzir o processo eleitoral para a linguagem delas. Um exemplo: Com um mapa do Brasil, as crianças são questionadas sobre quem manda o país. Por ser muito extenso, vamos levantar a questão de que esse chefe precisa de ajudadores na administração do pais, portanto, abrimos conceitos como deputados, senadores, governadores.

Trabalhamos com os alunos a partir do segundo ano, por volta de 7 anos. Os menores fazem confusão até sobre o que é o Brasil (risos).

Da sua experiência, como os pais recebem essa idéia?

Os pais apóiam a idéia, são contagiados pelo interesse das crianças. Muitas começavam a assistir o horário eleitoral e inclusive chamava os pais para isso.

É comum nos depararmos com indivíduos frustrados com a política e a corrupção do meio.Essa decepção já aparece entre as crianças ?

A maioria das crianças é mais pura, desprendida de preconceitos e acredita na política e na transformação da sociedade através do voto. Como eles quase não tem contato com política no dia-a-dia, e são introduzidas ao tema de forma estrutural, teórica, demonstram uma credulidade contagiante no exercício da cidadania e no voto como elemento de transformação social.


Manuela Malachias

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

VOTE DE CABEÇA - Introdução

Ser jovem e brasileiro é sinônimo de ser eleitor. A partir dos dezoito anos, somos todos legalmente responsáveis pela vida pública do país através do voto. É nosso direito de cidadão.É nosso dever de cidadão.


Muitas vezes sofrível e penoso, outras tantas um privilégio, uma ambição: assim somos brasileiros eleitores.

Na sua primeira experiência como eleitora, Manuela Malachias, se propõe a saciar uma curiosidade pessoal e adentrar a peculiar dinâmica eleitoreira do nosso país.

INFORMAÇÃO transforma voto de cabresto em VOTO DE CABEÇA.